quarta-feira, 27 de setembro de 2006

LER E PARTICIPAR

A colecção Bilhetes de Identidade, publicada em formato de romance de cordel pela editora Apenas Livros (preço de venda ao público: 3 euros), foi criada há dois anos pelo Instituto de Estudos de Literatura Tradicional e conta já com 23 títulos. Entre eles, há tratados tão diversos como BI do Lobisomem, BI dos Principes Encantados, BI da Aranha, BI do Exu e da Pombagira, ou o BI do Azeite e da Azeitona . Outros esão em preparação, estendendo-se a temátimas como a rolha, o segredo, ou o silêncio. Como nos explica o lema da colecção, repetido em todos os volumes, estamos perante os "Bilhetes de Identidade de Bichos e Quejandos", "emitidos por quem os conhece de gingeira", que nos "revelam quem somos e ao que andamos". Se este último objectivo pode parecer demasiado ambicioso, Ana Paula Guimarães, directora do IELT e da colecção, adianta:

"Pelo menos, nós damos uma ajuda. O leitor descobre que não é tão diferente do resto do mundo que o rodeia como isso, porque no tempo em que os animais falavam eles representavam-nos a nós, com os nossos gostos e os nossos vícios. E isto, como já te disse, não se aplica só aos animais, mas a todas as entidades do ecossistema em que vivemos, e em que cada ser tem o seu peso. Uma pedra tem um peso igual ao de um humano, porque na tradição popular os penedos conversam, as árvores tomam decisões, como o pinheiro que se arranca a si próprio do chão no fim da história do Capuchinho Vermelho."

A colecção vai continuar a crescer, e está aberta a colaborações de todos os académicos interessados. O email de contacto é:
aanaguimaraes@sapo.pt

1 comentário:

Franco disse...

very nice blog!
visit my page www-franco.blogspot.com
it pays well, it depends on you!