quinta-feira, 24 de março de 2005

BOM DEMAIS PARA SER VERDADE: Newton

[depois de uma longa disseretação sobre a imponência da gravitação universal] "Mas o que eu não daria para conseguir antes falar da magnífica obra de Deus na linguagem dos poetas!"
(na sua correspondência com o físico Robert Boyle)

Sem comentários: